SÉ CATEDRAL DE BISSAU

Nossa Senhora da Candelária

Noticias

Noticias

Profissão Solene Na Ordem dos Frades Menores da Guiné-Bissau

Por Policiano Gomes
Fotos: Policiano Gomes


Foto da Catedral

Profissão Solene Na Ordem dos Frades Menores da Guiné-Bissau

"Fiz–me fraco com os fracos, para ganhar os fracos.
Fiz–me tudo para todos, para salvar alguns a qualquer custo".
(1 Cor.9,22)

Agradecidos pelo dom da vocação e motivados a levá-la ao seu pleno cumprimento, Frei Arlindo Có e Frei Lucas Alberto Djata, professaram os votos solenes de castidade, pobreza e obediência na Ordem dos Frades Menores.

Foto da Catedral A celebração, que durou quase três horas, lotou a igreja da Nossa Senhora de F´tima-Quinhamel, região de Biombo, no dia 25 de Novembro de 2017.

A celebração, presidida pelo Bispo de Bissau, Dom Camnate, Custódio São Francisco de Assis da Guiné-Bissau Frei Victor Luís Quematcha, Padres, religiosos, religiosas e paroquianos vindos de várias partes do país. Em sua homilia, o Bispo de Bissau, mostrou-se satisfeito com este ato que significa testemunho do valor da intimidade com Deus e com irmãos.

Foto da Catedral Após a liturgia da Palavra, o Custódio, Frei Victor Quematcha, fez a chamada nominal dos professandos. Junto de seus familiares, confrades e amigos. O Rito de Profissão prosseguiu.


Diante do Custodio, os professandos reafirmaram o propósito de se consagrarem definitivamente na Ordem dos Frades Menores. Durante a Ladainha de Todos os Santos, os dois frades se prostraram no ch&aildeo em sinal de despojamento. Em seguida, cada um ajoelhou-se diante do Custódio, e nas mãos Foto da Catedral dele, proferiram a fórmula da Profissão e lhes foi entregue a Regra de Vida da Ordem dos Frades Menores. Sobre o altar, assinaram dois documentos: um no qual confirmavam os votos emitidos e outro em que renunciavam a posse de todo e qualquer bem temporal. De joelhos, receberam a bênção solene e logo após, para concluir o Rito, foram abraçados pelo Bispo de Bissau, pelos pais e pelos demais confrades.


Foto da Catedral Após a comunhão, Frei Lucas Djata apresentou sinceros agradecimentos em nome de confrades, por todos aqueles que acreditaram e rezaram pela vocação deles, e por aqueles que ali se fizeram presentes, neste dia muito especial para a Província.