SÉ CATEDRAL DE BISSAU

Nossa Senhora da Candelária

Noticias

Noticias

Nasceu a Associação de Mulheres Católicas

Por António Tavares
Fotos: António Tavares


Foto da Catedral

Está Criada a Associação de Mulheres Católicas da Paróquia Nossa Senhora de Candelária

É a Primeira do gênero, após quarenta anos da Diocese de Bissau.

Foto da Catedral Tudo começou em outubro de 2016, quando o Bispo D. José Camnaté Na Bissing manifestou essa intenção ao Pároco da Sé catedral de Bissau, Luis Quematcha e ao Padre António Imbombo, atual Vigário Geral. Todos juntos puseram mãos a obra.

Com a colaboração técnica de Julien Kali, muito experimentado nessas andanças, e porque também já tinha colaborado na primeira Jornada Diocesana; do Padre Imbombo, do Dr. Nadilé, na qualidade de assessor jurídico, as mulheres formaram um Comitê de Pilotagem que orientou os trabalhos até a Assembléia Geral.

Foto da Catedral Foi apresentado, discutido o estatuto da associação e depois votado com algumas emendas.

De seguida passou-se as candidaturas em consonância com os requisitos que o estatuto prevê a quem pretende candidatar-se a liderança de cada um dos órgãos.

Para a mesa da Assembléia Geral concorreram duas listas, uma encabeçada pela dona Maria Rosa Robalo Rosa, e depois das votações, mais de meia centena de mulheres presentes, escolherem-na como vencedora presidente da Assembléia Geral da Associação ora criada.

Foto da Catedral O pároco da Se catedral de Bissau testemunhou o ato e afirmou que a mulher esteve nos momentos marcantes na história da salvação. Citou o livro do padre Enzo Biachi intitulado mulheres na vida de Jesus. Nesse livro o autor explica que é através da mulher que Deus encarnou-se e se fez homem.

O vigário Geral, Padre Imbombo, quem presidiu a abertura e encerramento da cerimônia comparou a mulher à Igreja. Disse que tal como a Igreja, a mulher é mãe. Foi mais longe ao mostrar a sintonia de Deus com a mulher trazendo" o exemplo da Costa de Marfim numa expressão em que se diz: "O que a mulher quer, Deus também o quer".